Instalar o Servidor de Administração no modo silencioso

5 de abril de 2024

ID 73098

O Servidor de Administração pode ser instalado em modo silencioso, ou seja, sem a inserção interativa das configurações de instalação.

Para instalar o Servidor de Administração em um dispositivo local no modo silencioso:

  1. Leia o Contrato de Licença do Usuário Final. Use o comando abaixo somente entende e aceita os termos do Contrato de Licença do Usuário Final.
  2. Leia a Política de Privacidade. Use o comando abaixo somente se você entende e concorda que seus dados serão tratados e transmitidos (inclusive para países terceiros), como descrito na Política de Privacidade.
  3. Execute o comando

    setup.exe /s /v"DONT_USE_ANSWER_FILE=1 EULA=1 PRIVACYPOLICY=1 <setup_parameters>"

onde setup_parameters corresponde a uma lista de parâmetros e seus valores respetivos separados por vírgulas (PARAM1=PARAM1VAL PARAM2=PARAM2VAL). O arquivo setup.exe está localizado na pasta Servidor, que faz parte do kit de distribuição do Kaspersky Security Center.

Os nomes e valores possíveis para parâmetros que podem ser usados quando Servidor de Administração é instalado no modo silencioso são listados na tabela abaixo.

Parâmetros da instalação do Servidor de Administração no modo silencioso

 

Nome do parâmetro

Descrição do parâmetro

Valores disponíveis

EULA

Aceitação dos termos do Contrato de Licença.

  • 1 – Eu li, entendo e aceito por completo os termos do Contrato de Licença do Usuário Final.
  • Outro valor ou nenhum valor – Não aceito os termos do Contrato de Licença (a instalação não é executada).

PRIVACYPOLICY

Aceitação dos termos da Política de Privacidade.

  • 1 – Estou ciente e concordo que meus dados serão tratados e transmitidos (inclusive para países terceiros), como descrito na Política de Privacidade. Confirmo que Eu li e entendo por completo a Política de Privacidade.
  • Outro valor ou nenhum valor – Não aceito os termos da Política de Privacidade (a instalação não é executada).

INSTALLATIONMODETYPE

Tipo de instalação do Servidor de Administração.

  • Padrão – Instalação padrão.
  • Personalizada – Instalação personalizada.

INSTALLDIR

Caminho para a pasta de instalação do Servidor de Administração.

Valor da sequência de caracteres.

ADDLOCAL

Lista de componentes do Servidor de Administração (separados por vírgulas) a instalar.

CSAdminKitServer, NAgent, CSAdminKitConsole, NSAC, MobileSupport, KSNProxy, SNMPAgent, GdiPlusRedist, Microsoft_VC90_CRT_x86, Microsoft_VC100_CRT_x86.

Lista mínima de componentes suficientes para a instalação correta do Servidor de Administração:

ADDLOCAL=CSAdminKitServer, CSAdminKitConsole, KSNProxy, Microsoft_VC90_CRT_x86, Microsoft_VC100_CRT_x86.

NETRANGETYPE

Tamanho da rede (número de dispositivos na rede).

  • NRT_1_100 – De 1 a 100 dispositivos.
  • NRT_100_1000 – De 101 a 1000 dispositivos.
  • NRT_GREATER_1000 – Mais de 1000 dispositivos.

SRV_ACCOUNT_TYPE

Modo de especificar uma conta em que o Servidor de Administração será executado como um serviço.

  • SrvAccountDefault  – A conta é criada automaticamente.
  • SrvAccountUser  – A conta é especificada manualmente. Neste caso, é necessário especificar valores para os parâmetros SERVERACCOUNTNAME e SERVERACCOUNTPWD.

SERVERACCOUNTNAME

Nome da conta em que o Servidor de Administração será executado como um serviço. Você deve especificar um valor para o parâmetro se SRV_ACCOUNT_TYPE=SrvAccountUser.

Valor da sequência de caracteres.

SERVERACCOUNTPWD

Senha da conta que será usada para iniciar o Servidor de Administração como um serviço. Você deve especificar um valor para o parâmetro se SRV_ACCOUNT_TYPE=SrvAccountUser.

Valor da sequência de caracteres.

SERVERCER

Tamanho da chave para o certificado do Servidor de Administração (bits).

  • 1 – O tamanho da chave para o certificado do Servidor de Administração é de 2048 bits.
  • Nenhum valor  – O tamanho da chave para o certificado do Servidor de Administração é de 1024 bits.

DBTYPE

O tipo de um banco de dados que será usado para armazenar o banco de dados do Servidor de Administração.

Este parâmetro é obrigatório.

  • MySQL – Um banco de dados MySQL ou MariaDB será usado. Neste caso, é necessário especificar valores para os parâmetros MYSQLSERVERNAME, MYSQLSERVERPORT, MYSQLDBNAME, MYSQLACCOUNTNAME e MYSQLACCOUNTPWD.
  • MSSQL – Um banco de dados do Microsoft SQL Server (SQL Express) será usado. Neste caso, é necessário especificar valores para os parâmetros MSSQLSERVERNAME, MSSQLDBNAME e MSSQLAUTHTYPE.
  • POSTGRES – Um banco de dados PostgreSQL ou Postgres Pro será usado. Neste caso, é necessário especificar valores para os parâmetros POSTGRESSERVERNAME, POSTGRESSERVERPORT, POSTGRESDBNAME, POSTGRESACCOUNTNAME e POSTGRESACCOUNTPWD.

MYSQLSERVERNAME

Nome completo do SQL Server. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MySQL.

Valor da sequência de caracteres.

MYSQLSERVERPORT

Número da porta para conectar-se ao SQL Server. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MySQL.

Valor numérico.

MYSQLDBNAME

O nome de um banco de dados que será criado para armazenar os dados do Servidor de Administração. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MySQL.

Valor da sequência de caracteres.

MYSQLACCOUNTNAME

Nome da conta para conectar-se ao banco de dados. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MySQL.

Valor da sequência de caracteres.

MYSQLACCOUNTPWD

Senha da conta para conectar-se ao banco de dados. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MySQL.

Valor da sequência de caracteres.

MSSQLSERVERNAME

Nome completo do SQL Server. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MSSQL.

Valor da sequência de caracteres.

MSSQLDBNAME

Nome do banco de dados. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MSSQL.

Valor da sequência de caracteres.

MSSQLAUTHTYPE

Tipo de autorização ao conectar-se ao SQL Server. Você deve especificar um valor para o parâmetro se DBTYPE=MSSQL.

  • Windows – Modo de Autenticação do Microsoft Windows.
  • SQLServer – Modo de Autenticação do SQL Server. Neste caso, é necessário especificar valores para os parâmetros MSSQLACCOUNTNAME e MSSQLACCOUNTPWD.

MSSQLACCOUNTNAME

Nome da conta para conexão ao SQL Server. Você deve especificar um valor para o parâmetro se MSSQLAUTHTYPE=SQLServer.

Valor da sequência de caracteres.

MSSQLACCOUNTPWD

Senha da conta para conexão ao SQL Server. Você deve especificar um valor para o parâmetro se MSSQLAUTHTYPE=SQLServer.

Valor da sequência de caracteres.

CREATE_SHARE_TYPE

Método para especificar a pasta compartilhada.

  • Create – Criar uma nova pasta compartilhada. Neste caso, é necessário especificar valores para os parâmetros SHARELOCALPATH e SHAREFOLDERNAME.
  • ChooseExisting – Selecione uma pasta existente. Neste caso, é necessário especificar um valor para o parâmetro EXISTSHAREFOLDERNAME.

SHARELOCALPATH

Caminho completo a uma pasta local. Você deve especificar um valor para o parâmetro se

CREATE_SHARE_TYPE=Create

Valor da sequência de caracteres.

SHAREFOLDERNAME

Nome da rede de uma pasta compartilhada. Você deve especificar um valor para o parâmetro se CREATE_SHARE_TYPE=Create.

Valor da sequência de caracteres.

EXISTSHAREFOLDERNAME

Caminho completo para uma pasta compartilhada existente.

Você deve especificar um valor para o parâmetro se CREATE_SHARE_TYPE=ChooseExisting.

Valor da sequência de caracteres.

SERVERPORT

O número da porta usado para conectar ao Servidor de Administração.

Valor numérico.

SERVERSSLPORT

Número da porta para a conexão criptografada ao Servidor de Administração usando protocolo SSL.

Valor numérico.

SERVERADDRESS

Endereço do Servidor de Administração.

Valor da sequência de caracteres.

MOBILESERVERADDRESS

Endereço do Servidor de Administração para conexão de dispositivos móveis.

Valor da sequência de caracteres.

 

Para obter uma descrição detalhada dos parâmetros de configuração do Servidor de Administração, consulte a seção Instalação personalizada.

Consulte também:

Cenário principal de implementação

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.