Sincronização de um cliente com o Servidor de Administração

5 de abril de 2024

ID 11982

Esse cenário descreve o estado do sistema de administração nos casos quando ocorre a sincronização intensiva de dados entre um dispositivo cliente e o Servidor de Administração. Os dispositivos cliente se conectam ao Servidor de Administração com o intervalo definido pelo administrador. O Servidor de Administração compara o status dos dados em um dispositivo cliente com os no Servidor, registra as informações no banco de dados sobre última conexão do dispositivo e sincroniza os dados.

Esta seção contém informações sobre os valores de tráfego para cenários de administração básicos ao conectar um cliente ao Servidor de Administração (consulte a tabela em baixo). Os dados na tabela podem variar ligeiramente dependendo da versão atual do banco de dados antivírus.

Tráfego

Cenário

Tráfego de dispositivos cliente ao Servidor de Administração, KB

Tráfego do Servidor de Administração aos dispositivos cliente, KB

Tráfego total (para um único dispositivo cliente), KB

Sincronização inicial antes da atualização dos bancos de dados em um dispositivo cliente

699,44

568,42

1267,86

Sincronização inicial após atualizar os bancos de dados em um dispositivo cliente

735,8

4474,88

5.210,68

Sincronização sem modificações em um dispositivo cliente e no Servidor de Administração

11,99

6,73

18,72

Sincronização após alterar o valor de uma configuração em uma política de grupo

9,79

11,39

21,18

Sincronização após alterar o valor de uma configuração em uma tarefa de grupo

11,27

11,72

22,99

Sincronização forçada sem modificações em um dispositivo cliente

77,59

99,45

177,04

O volume total de tráfego varia consideravelmente, dependendo do uso do multicasting de IP em grupos de administração. Se a multicasting de IP for usada, o volume de tráfego total diminui aproximadamente por N vezes para o grupo, onde N é o número total de dispositivos incluídos no grupo de administração.

O volume de tráfego na sincronização inicial antes e depois de uma atualização dos bancos de dados é especificada para os seguintes casos:

  • Instalar o Agente de Rede e um aplicativo de segurança em um dispositivo cliente
  • Mover um dispositivo cliente para um grupo de administração
  • Aplicar uma política e tarefas que foram criadas para o grupo por padrão, a um dispositivo cliente

A tabela especifica as taxas de tráfego no caso de modificações de uma das configurações de proteção que estão incluídas nas configurações da política do Kaspersky Endpoint Security. Dados para outras configurações de políticas podem ser diferentes dos dados exibidos na tabela.

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.