Servidor de Administração

5 de abril de 2024

ID 3303

Os componentes do Kaspersky Security Center permitem o gerenciamento remoto dos aplicativos Kaspersky instalados em dispositivos cliente.

Os dispositivos com o componente do Servidor de Administração instalado serão referidos como Servidores de Administração (aqui referidos como Servidores). Os Servidores de Administração devem ser protegidos contra violação da integridade física e de qualquer acesso não autorizado.

O Servidor de Administração é instalado em um dispositivo como um serviço com o seguinte conjunto de atributos:

  • Com o nome "Servidor de Administração do Kaspersky Security Center"
  • Configurado para iniciar automaticamente ao inicializar o sistema operacional
  • Com a conta LocalSystem ou a conta do usuário selecionada durante a instalação do Servidor de Administração

O Servidor de Administração realiza as seguintes funções:

  • Armazenamento da estrutura dos grupos de administração
  • Armazenamento de informações sobre a configuração de dispositivos cliente
  • Organização dos repositórios para pacotes de distribuição de aplicativos
  • Instalação remota de aplicativos para dispositivos cliente e remoção de aplicativos
  • Atualização de bancos de dados de aplicativos e módulos de software dos aplicativos Kaspersky
  • Gerenciamento de políticas e tarefas nos dispositivos cliente
  • Armazenamento de informações sobre eventos que ocorreram em dispositivos cliente
  • Geração de relatórios na operação dos aplicativos Kaspersky
  • Implementação de chaves de licença para os dispositivos cliente e armazenamento de informações sobre chaves de licença
  • O encaminhamento de notificações sobre o progresso das tarefas (tal como detecção de vírus em um dispositivo cliente)

Nomeando Servidores de Administração na interface do aplicativo

Na interface do Console de Administração baseado em MMC e do Kaspersky Security Center Web Console, os Servidores de Administração podem ter os seguintes nomes:

  • Nome do dispositivo do Servidor de Administração, por exemplo: "nome do dispositivo" ou "Servidor de Administração: nome do dispositivo".
  • Endereço IP do dispositivo do Servidor de Administração, por exemplo: "Endereço de IP" ou "Servidor de Administração: Endereço de IP".
  • Os Servidores de Administração secundários e virtuais têm nomes personalizados que você especifica ao conectar um Servidor de Administração virtual ou secundário ao Servidor de Administração principal.
  • Se você usar o Kaspersky Security Center Web Console: instalado em um dispositivo Linux, o aplicativo exibe os nomes dos Servidores de Administração especificados como confiáveis no arquivo de resposta.

Você pode conectar-se ao Servidor de Administração por meio do Console de Administração ou do Kaspersky Security Center Web Console.

Consulte também:

Cenário principal de implementação

Cenário: implementação para o ambiente em nuvem

Instalação do Kaspersky Security Center

Interação dos componentes e aplicativos de segurança do Kaspersky Security Center: mais informações

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.