Conecte manualmente um dispositivo cliente ao Servidor de administração. Utilitário klmover

5 de abril de 2024

ID 3911

Se você precisar conectar manualmente um dispositivo cliente ao Servidor de Administração, poderá usar o utilitário klmover no dispositivo cliente.

Ao instalar o Agente de Rede em um dispositivo cliente, o utilitário é copiado automaticamente para a pasta de instalação do Agente de Rede.

Para conectar manualmente um dispositivo cliente ao Servidor de Administração usando o utilitário klmover:

No dispositivo, inicie o utilitário klmover a partir da linha de comando.

Quando iniciado a partir da linha de comando, o utilitário klmover pode executar as seguintes ações (dependendo das chaves que estiverem em uso):

  • Conecta o Agente de Rede ao Servidor de Administração com as configurações especificadas;
  • Grava os resultados de operação no arquivo de log de eventos ou exibe os mesmos na tela.

A sintaxe da linha de comando do utilitário:

klmover [-logfile <nome do arquivo>] [-address <endereço do servidor>] [-pn <número da porta>] [-ps <número da porta SSL>] [-nossl] [-cert <caminho para arquivo de certificado>] [-silent] [-dupfix] [-virtserv] [-cloningmode]

Os direitos de administrador são necessários para executar o utilitário.

Descrições das chaves:

  • -logfile <nome do arquivo>–grava os resultados da execução do utilitário em um arquivo de registro.

    Por predefinição, as informações são salvas na transmissão de saída predefinido (stdout). Se a chave não estiver sendo usada, os resultados e as mensagens de erro são exibidos na tela.

  • -address <endereço do servidor> – Endereço do Servidor de Administração para conexão.

    Você pode especificar um endereço IP, o nome NetBIOS ou o nome DNS de um dispositivo como seu endereço.

  • -pn <número da porta>–número da porta através da qual a conexão não criptografada ao Servidor de Administração será estabelecida.

    O número da porta padrão é 14000.

  • -ps <número da porta SSL>–número da porta SSL através da qual a conexão criptografada ao Servidor de Administração será estabelecida usando o protocolo SSL.

    O número da porta padrão é 13000.

  • -nossl–usa a conexão não criptografada ao Servidor de Administração.

    Se a chave não estiver sendo usada, o Agente de Rede é conectado ao Servidor de Administração através do protocolo SSL codificado.

  • -cert <caminho para arquivo de certificado> – Usa o arquivo de certificado especificado para autenticação de acesso ao Servidor de Administração.

    Se a chave não estiver sendo usada, o Agente de Rede recebe um certificado na primeira conexão ao Servidor de Administração.

  • -silent – Executa o utilitário no modo silencioso.

    Usar a chave poderá ser útil se, por exemplo, o utilitário for iniciado a partir do script de login no momento do registro do usuário.

  • -dupfix – A chave é usada se o Agente de Rede tiver sido instalado usando um método diferente do que é habitual (com o pacote de distribuição) – por exemplo, recuperando a partir de uma imagem de disco ISO.
  • -virtserv – nome do Servidor de Administração virtual.
  • -cloningmode – modo de clonagem do disco do Agente de Rede.

    Use um dos seguintes parâmetros para configurar o modo de clonagem de disco:

    • -cloningmode – Solicita o status do modo de clonagem de disco.
    • -cloningmode 1 – Ativa o modo de clonagem de disco.
    • -cloningmode 0 – Desativa o modo de clonagem de disco.

Por exemplo, para conectar o Agente de Rede ao Servidor de Administração, execute o seguinte comando:

klmover -address kscserver.mycompany.com -logfile klmover.log

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.