Kaspersky Security Center

Parâmetros de instalação do Kaspersky Security Center Web Console

19 de julho de 2024

ID 181969

Para instalar o Kaspersky Security Center Web Console Server em dispositivos que executam o Linux, você deve criar um arquivo de resposta, um arquivo .json que contém parâmetros para conectar o Kaspersky Security Center Web Console ao Servidor de Administração.

Veja o exemplo de um arquivo de resposta que contém o conjunto mínimo de parâmetros e o endereço e a porta padrão:

{

"address": "127.0.0.1",

"port": 8080,

"defaultLangId": 1049,

"enableLog": false,

"trusted": "127.0.0.1|13299|/var/opt/kaspersky/klnagent_srv/1093/cert/klserver.cer|KSC Server",

"acceptEula": true,

"certPath": "/var/opt/kaspersky/klnagent_srv/1093/cert/klserver.cer",

"webConsoleAccount": "Group1:User1",

"managementServiceAccount": "Group1:User2",

"serviceWebConsoleAccount": "Group1:User3",

"pluginAccount": "Group1:User4",

"messageQueueAccount": "Group1:User5"

}

Ao instalar o Kaspersky Security Center Web Console no sistema operacional Linux ALT, é necessário especificar um número de porta diferente de 8080, pois essa porta é usada pelo sistema operacional.

A tabela abaixo descreve os parâmetros que podem ser especificados em um arquivo de resposta.

Parâmetros para instalar o Kaspersky Security Center Web Console em dispositivos que executam o Linux

Parâmetro

Descrição

Valores disponíveis

address

Endereço do Kaspersky Security Center Web Console Server (necessário).

Valor da sequência de caracteres.

port

Número da porta que o Kaspersky Security Center Web Console Server usará para se conectar ao Servidor de Administração (necessário).

Valor numérico.

defaultLangId

Idioma da interface do usuário (por padrão, 1033).

Código numérico do idioma:

  • Alemão: 1031
  • Inglês: 1033
  • Espanhol: 3082
  • Espanhol (México): 2058
  • Francês: 1036
  • Japonês: 1041
  • Cazaque: 1087
  • Polonês: 1045
  • Português (Brasil): 1046
  • Russo: 1049
  • Turco: 1055
  • Chinês simplificado: 4
  • Chinês tradicional: 31748

Se nenhum valor for especificado, o idioma Inglês (en-US) será utilizado.

enableLog

Se ativar o registro da atividade do Kaspersky Security Center Web Console.

Valor booleano:

  • true – O registro é ativado (selecionado por padrão).
  • false – O registro é desativado.

trusted

Lista de Servidores de Administração de confiança permitidos a conectarem-se ao Kaspersky Security Center Web Console. Cada Servidor de Administração deve ser definido com os seguintes parâmetros:

  • Administration Server address
  • Porta OpenAPI que é usada pelo Kaspersky Security Center Web Console para se conectar ao Servidor de Administração (por padrão, 13299)
  • Caminho para o certificado do Servidor de Administração
  • Nome do Servidor de Administração que será exibido na janela de login

Os parâmetros são separados por barras verticais. Se vários Servidores de Administração forem especificados, separe-os por duas barras verticais (pipes).

Valor da sequência de caracteres no seguinte formato:

"server address|port|certificate path|server name".

Exemplo:

"X.X.X.X|13299|/cert/server-1.cer|Server 1||Y.Y.Y.Y|13299|/cert/server-2.cer|Server 2".

acceptEula

Se você aceita ou não os termos do Contrato de Licença do Usuário Final (EULA). O arquivo que contém os termos do EULA é baixado junto com o arquivo de instalação.

 

Valor booleano:

Caso nenhum valor seja especificado, o instalador do Kaspersky Security Center Web Console exibirá o EULA e perguntará se você concorda ou não em aceitar os seus termos.

certDomain

Se você quiser gerar um novo certificado, use este parâmetro para especificar o nome de domínio para o qual um novo certificado deve ser gerado.

Valor da sequência de caracteres.

certPath

Se você quiser usar um certificado existente, use este parâmetro para especificar o caminho até o arquivo de certificado.

Valor da sequência de caracteres.

Especifique o caminho "/var/opt/kaspersky/klnagent_srv/1093/cert/klserver.cer" para utilizar o certificado existente. Para um certificado personalizado, especifique o caminho onde o certificado personalizado está armazenado.

keyPath

Se você quiser usar um certificado existente, use este parâmetro para especificar o caminho até o arquivo de chave.

Valor da sequência de caracteres.

webConsoleAccount

Nome da conta sob a qual o serviço do Kaspersky Security Center Web Console é executado.

Valor da sequência de caracteres no seguinte formato: "nome do grupo:nome do grupo".

Exemplo: "Group1:User1".

Se nenhum valor for especificado, o instalador do Kaspersky Security Center Web Console criará uma nova conta com o nome padrão user_management_%uid%.

managementServiceAccount

Nome da conta privilegiada sob a qual o Serviço de gerenciamento do Kaspersky Security Center Web Console é executado.

Valor da sequência de caracteres no seguinte formato: "nome do grupo:nome do grupo".

Exemplo: "Group1:User1".

Se nenhum valor for especificado, o instalador do Kaspersky Security Center Web Console criará uma nova conta com o nome padrão user_nodejs_%uid%.

serviceWebConsoleAccount

Nome da conta sob a qual o serviço do Kaspersky Security Center Service Web Console é executado.

Valor da sequência de caracteres no seguinte formato: "nome do grupo:nome do grupo".

Exemplo: "Group1:User1".

Se nenhum valor for especificado, o instalador do Kaspersky Security Center Web Console criará uma nova conta com o nome padrão user_svc_nodejs_%uid%.

pluginAccount

Nome da conta sob a qual o serviço de Plug-ins de produto do Kaspersky Security Center é executado.

Valor da sequência de caracteres no seguinte formato: "nome do grupo:nome do grupo".

Exemplo: "Group1:User1".

Se nenhum valor for especificado, o instalador do Kaspersky Security Center Web Console criará uma nova conta com o nome padrão user_web_plugin_%uid%.

messageQueueAccount

Nome da conta sob a qual o serviço de Fila de mensagens do Kaspersky Security Center Web Console é executado.

Valor da sequência de caracteres no seguinte formato: "nome do grupo:nome do grupo".

Exemplo: "Group1:User1".

Se nenhum valor for especificado, o instalador do Kaspersky Security Center Web Console criará uma nova conta com o nome padrão user_message_queue_%uid%.

Caso especifique os parâmetros webConsoleAccount, managementServiceAccount, serviceWebConsoleAccount, pluginAccount, ou messageQueueAccount verifique e confirme se as contas de usuário personalizadas pertencem ao mesmo grupo de segurança. Se esses parâmetros não forem especificados, o instalador do Kaspersky Security Center Web Console criará um grupo de segurança padrão e, em seguida, criará contas de usuário com nomes padrão nesse grupo.

Consulte também:

Portas usadas pelo Kaspersky Security Center Linux

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.