Kaspersky Security Center

Instalação do Kaspersky Security Center Linux no modo silencioso

5 de abril de 2024

ID 246025

É possível instalar o Kaspersky Security Center Linux em dispositivos Linux usando um arquivo de resposta para executar uma instalação no modo silencioso, ou seja, sem a participação do usuário. O arquivo de resposta contém um conjunto personalizado de parâmetros de instalação: variáveis e seus respectivos valores.

Antes da instalação:

Para instalar o Kaspersky Security Center Linux no modo silencioso:

  1. Leia o Contrato de Licença do Usuário Final. Siga as etapas abaixo somente se entender e aceitar os termos do Contrato de Licença do Usuário Final.
  2. Crie um grupo "kladmins" e uma conta sem privilégios "ksc" que deve ser membro do grupo "kladmins". Para fazer isso, execute sequencialmente os seguintes comandos em uma conta com privilégios de raiz:

    # adduser ksc

    # groupadd kladmins

    # gpasswd -a ksc kladmins

    # usermod -g kladmins ksc

  3. Crie o arquivo de resposta (no formato TXT) e adicione uma lista de variáveis no formato VARIABLE_NAME=variable_value ao arquivo de resposta, cada uma em uma linha separada. O arquivo de resposta deve incluir as variáveis listadas na tabela abaixo.
  4. Defina o valor da variável de ambiente KLAUTOANSWERS no ambiente raiz que contém o nome completo do arquivo de resposta, incluindo o caminho, por exemplo, com o seguinte comando:

    export KLAUTOANSWERS=/tmp/ksc_install/answers.txt

  5. Execute a instalação do Kaspersky Security Center Linux no modo silencioso e, dependendo da sua distribuição Linux, execute um dos seguintes comandos:
    • # apt install /<caminho>/ksc64_[version_number]_amd64.deb
    • # yum install /<caminho>/ksc64-[version_number].x86_64.rpm -y
  6. Crie um usuário para trabalhar com o Kaspersky Security Center Web Console. Para fazer isso, execute o seguinte comando em uma conta com privilégios de raiz:

    /opt/kaspersky/ksc64/sbin/kladduser -n ksc -p <senha>, onde a senha deve conter pelo menos 8 caracteres.

    Variáveis do arquivo de resposta usadas como parâmetros de instalação do Kaspersky Security Center Linux no modo silencioso

    Nome da variável

    Necessário

    Descrição

    Valores possíveis

    EULA_ACCEPTED

    Sim

    Confirma que entende e aceita por completo os termos do Contrato de Licença de Usuário Final.

    1

    PP_ACCEPTED

    Sim

    Confirme que entende e aceita os termos da Política de Privacidade.

    1

    KLSRV_UNATT_SERVERADDRESS

    Sim

    O nome DNS do Servidor de Administração ou o endereço IP estático.

    Nome DNS ou endereço IP

    KLSRV_UNATT_PORT_SRV

    Não

    O número da porta do Servidor de Administração. Opcional, o valor padrão é 14000.

    Número da porta

    KLSRV_UNATT_PORT_SRV_SSL

    Não

    O número da porta SSL do Servidor de Administração. Opcional, o valor padrão é 13000.

    Número da porta

    KLSRV_UNATT_PORT_KLOAPI

    Não

    O número da porta KLOAPI do Servidor de Administração. Opcional, o valor padrão é 13299.

    Número da porta

    KLSRV_UNATT_PORT_GUI

    Não

    O número da porta da GUI do Servidor de Administração. Opcional, o valor padrão é 13291.

    Número da porta

    KLSRV_UNATT_NETRANGETYPE

    Não

    O número aproximado de dispositivos que o usuário deseja gerenciar. Opcional, o valor padrão é 1.

     

    1 para 1 a 100 dispositivos em rede.
    2 para 101 a 1000 dispositivos em rede.
    3 para mais de 1000 dispositivos em rede.

    KLSRV_UNATT_DBMS_TYPE

    Sim

    O tipo de sistema de gerenciamento de banco de dados: MySQL (MariaDB) or Postgres.

    mysql
    ou
    postgres

    KLSRV_UNATT_DBMS_INSTANCE

    Sim

    O endereço IP do servidor de banco de dados.

    Endereço IP

    KLSRV_UNATT_DBMS_PORT

    Sim

    A porta do servidor de banco de dados. O valor padrão para o MySQL (MariaDB) é 3306; o valor padrão do Postgres é 5432.

    3306
    ou
    5432

    KLSRV_UNATT_DB_NAME

    Sim

    O nome do banco de dados.

    kav

    KLSRV_UNATT_DBMS_LOGIN

    Sim

    O nome de usuário de um usuário que tem acesso ao banco de dados.

     

    KLSRV_UNATT_DBMS_PASSWORD

    Sim

    A senha de um usuário que tem acesso ao banco de dados.

     

    KLSRV_UNATT_KLADMINSGROUP

    Sim

    O nome do grupo de segurança para serviços.

    kladmins

    KLSRV_UNATT_KLSRVUSER

    Sim

    O nome da conta para iniciar o serviço do Servidor de Administração. A conta deve ser um membro do grupo de segurança especificado na variável KLSRV_UNATT_KLADMINSGROUP.

    ksc

    KLSRV_UNATT_KLSVCUSER

    Sim

    O nome da conta para iniciar outros serviços. A conta deve ser um membro do grupo de segurança especificado na variável KLSRV_UNATT_KLADMINSGROUP.

    ksc

    Caso o Servidor de Administração precise ser implementado como um cluster de failover da Kaspersky Security Center Linux, o arquivo de resposta deve incluir as seguintes variáveis adicionais:

    KLFOC_UNATT_NODE

    Sim

    O número do nó (1 ou 2).

    1
    ou
    2

    KLFOC_UNATT_STATE_SHARE_MOUNT_PATH

    Sim

    O ponto de montagem do compartilhamento de estado.

     

    KLFOC_UNATT_DATA_SHARE_MOUNT_PATH

    Sim

    O ponto de montagem do compartilhamento de dados.

     

    KLFOC_UNATT_CONN_MODE

    Sim

    O modo de conectividade do cluster de failover.

    VirtualAdapter

    ou

    ExternalLoadBalancer

    Caso a variável KLFOC_UNATT_CONN_MODE tenha o valor VirtualAdapter, o arquivo de resposta deve incluir as seguintes variáveis adicionais:

    KLFOC_UNATT_CONN_MODE_VA_NAME

     

     

    O nome do adaptador de rede virtual.

     

    KLFOC_UNATT_CONN_MODE_VA_IPV4

    Uma destas variáveis é necessária

    O endereço IP do adaptador de rede virtual.

    Endereço IP

    KLFOC_UNATT_CONN_MODE_VA_IPV6

    O endereço IPv6 do adaptador de rede virtual.

    Endereço IPv6

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.