Kaspersky Security Center

Execução de pacotes independentes criados pelo Kaspersky Security Center Linux

5 de abril de 2024

ID 92463

Os métodos acima descritos da implementação inicial do Agente de Rede e de outros aplicativos nem sempre podem ser implementados porque não é possível atender todas as condições aplicáveis. Em tais casos, é possível criar um arquivo executável comum denominado pacote de instalação independente usando o Kaspersky Security Center Linux com o uso de pacotes de instalação com as configurações de instalação relevantes que foram preparadas pelo administrador. O pacote de instalação independente é armazenado na pasta compartilhada do Kaspersky Security Center Linux.

É possível usar o Kaspersky Security Center Linux para enviar aos usuários selecionados uma mensagem de e-mail contendo um link para esse arquivo na pasta compartilhada com a solicitação para que executem o arquivo (no modo interativo ou com a chave "-s" para a instalação silenciosa). É possível anexar o pacote de instalação independente em uma mensagem de e-mail e, então, enviá-la aos usuários de dispositivos que não tenham acesso à pasta compartilhada do Kaspersky Security Center Linux. O administrador também pode copiar o pacote independente em uma unidade removível, entregá-lo a um dispositivo relevante e, em seguida, executá-lo mais tarde.

Você pode criar um pacote independente a partir de um pacote de Agente de Rede, de um pacote de outro aplicativo (por exemplo, o aplicativo de segurança), ou ambos. Se o pacote independente foi criado a partir do Agente de Rede e de outro aplicativo, a instalação inicia com o Agente de Rede.

Ao criar um pacote independente com o Agente de Rede, você pode especificar o grupo de administração ao qual os novos dispositivos (aqueles que não foram alocados à nenhum dos grupos de administração) serão automaticamente movidos quando a instalação do Agente de Rede for concluída neles.

Os pacotes independentes podem ser executados no modo interativo (por padrão), exibindo o resultado da instalação de aplicativos que eles contêm, ou eles podem ser executados no modo silencioso (quando executados com a chave "-s"). O modo silencioso pode ser usado para a instalação de scripts, por exemplo, de scripts configurados para ser executados após a implementação da imagem do sistema operacional. O resultado da instalação no modo silencioso é determinado pelo código de retorno do processo.

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.