Kaspersky Security Center

Configuração das contas DBMS para que elas funcionem com o PostgreSQL e o Postgres Pro

5 de abril de 2024

ID 242538

Pré-requisitos

Antes de atribuir direitos para a conta DBMS, execute as seguintes ações:

  1. Certifique-se de fazer login no sistema com a conta de administrador local.
  2. Instale um ambiente para trabalhar com PostgreSQL e Postgres Pro.

Configurando a conta DBMS para instalar o Servidor de Administração (criação automática do banco de dados do Servidor de Administração)

Para configurar a conta DBMS para instalar o Servidor de Administração:

  1. Execute um ambiente para trabalhar com PostgreSQL e Postgres Pro.
  2. Escolha uma função do Postgres para acessar o DBMS. É possível usar uma das seguintes funções:
    • O usuário de postgres (a função padrão do Postgres).

      Se você usar o usuário de postgres, você não precisa conceder direitos adicionais a ele.

      Por padrão, o usuário postgres não tem uma senha. No entanto, uma senha é necessária para instalar o Kaspersky Security Center Linux. Para definir uma senha para o usuário postgres, execute o seguinte script:

      ALTER USER user_name WITH PASSWORD '< senha >';

    • Uma nova função do Postgres.

      Se quiser usar uma nova função do Postgres, crie essa função e conceda a ela o privilégio CREATEDB. Para fazer isso, execute o seguinte script (neste script, a função é KCSAdmin):

      CREATE USER "KSCAdmin" WITH PASSWORD '<senha>' CREATEDB;

      A função criada será usada como proprietária do banco de dados do Servidor de Administração (adiante também denominado banco de dados do Servidor).

  3. Instalação do Servidor de Administração.

Após a conclusão da instalação, o banco de dados do Servidor é criado automaticamente e o Servidor de Administração está pronto para uso.

Configurando a conta DBMS para instalar o Servidor de Administração (criação manual do banco de dados do Servidor de Administração)

Para configurar a conta DBMS para instalar o Servidor de Administração:

  1. Execute um ambiente para trabalhar com Postgres.
  2. Crie uma nova função do Postgres e um banco de dados do Servidor de Administração. Em seguida, conceda todos os privilégios à função no banco de dados do Servidor de Administração. Para isso, faça o login sob o usuário do postgres no banco de dados postgres e execute o seguinte script (neste script, a função será KCSAdmin e o nome do banco de dados do Servidor de Administração será KAV):

    CREATE USER "KSCAdmin" WITH PASSWORD '<senha>';

    CREATE DATABASE "KAV" ENCODING 'UTF8' OWNER "KSCAdmin";

    GRANT ALL PRIVILEGES ON DATABASE "KAV" TO "KSCAdmin";

    Caso ocorra o erro "A nova codificação (UTF8) é incompatível com a codificação do banco de dados de modelo", crie um banco de dados usando o comando:
    CREATE DATABASE "KAV" ENCODING 'UTF8' OWNER "KSCAdmin" TEMPLATE template0;
    em vez de:
    CREATE DATABASE "KAV" ENCODING 'UTF8' OWNER "KSCAdmin";

  3. Conceda os seguintes privilégios à função Postgres criada:
    • Privilégios em todas as tabelas no esquema público: TODOS
    • Privilégios em todas as sequências no esquema público: TODOS

    Para isso, faça o login sob o usuário do postgres no banco de dados do Servidor e execute o seguinte script (neste script, a função será KCSAdmin):

    GRANT ALL PRIVILEGES ON ALL TABLES IN SCHEMA "public" TO "KSCAdmin";

    GRANT ALL PRIVILEGES ON ALL SEQUENCES IN SCHEMA "public" TO "KSCAdmin";

  4. Instalação do Servidor de Administração.

Após a conclusão da instalação, o Servidor de Administração usará o banco de dados criado para armazenar os dados do Servidor de Administração. O Servidor de Administração está pronto para uso.

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.