Cenário de modificação de configurações de rede para um subconjunto de nodes

3 de julho de 2024

ID 242101

O administrador deve garantir a conectividade de rede entre os nodes com endereços novos e antigos.

O cenário para modificar as configurações de rede de um subconjunto de nodes de cluster envolve as seguintes etapas:

  1. Alteração da função de um node de controle para secundário

    Você deve executar esta etapa se o node Control estiver no subconjunto de nodes para os quais você deseja alterar os endereços. Atribua temporariamente a função de node Control a um node do qual você não planeja alterar o endereço.

  2. Desativando o processamento de tráfego de e-mail no node

    Se estiver usando um balanceador de carga, nas configurações do balanceador, desative a carga dos nodes cujos endereços você planeja alterar. Caso não esteja usando um balanceador de carga, na interface da Web do Kaspersky Secure Mail Gateway, desative o recebimento de mensagens do node selecionado.

    Depois de desativar a carga, aguarde até que as mensagens de todas as filas sejam completamente enviadas para os nodes selecionados.

  3. Alterando os endereços de nodes secundários

    Altere os endereços dos nodes secundários selecionados, um por um. Para isso, em cada node:

    1. Modifique as configurações de rede de um node secundário no Modo de Suporte Técnico

      É possível modificar as configurações de rede do sistema operacional, os endereços IP dos adaptadores de rede, o endereço padrão do gateway e os endereços do servidor DNS.

    2. Teste as configurações de rede do sistema operacional no node.

      Esta etapa tem o objetivo de garantir que as novas configurações de rede estão aplicadas de fato.

    3. Modifique os registros A e PTR no servidor DNS do node secundário para corresponder ao novo endereço IP e nome de domínio do node.

      Isso é necessário para o correto funcionamento da autenticação Kerberos com a tecnologia Single Sign-On e para a interação com outros sistemas de e-mail.

    4. Altere o endereço IP do node no aplicativo no Modo Suporte Técnico

      Esta etapa é necessária caso o endereço IP ou a porta do node tenham sido modificados.

  4. Substituindo o node secundário com o endereço IP antigo pelo node secundário com o novo endereço no cluster, usando a interface da Web do programa

    Os nodes que tiveram seus endereços alterados devem ser removidos do cluster. Depois, devem ser adicionados ao cluster com os novos endereços.

  5. Alteração da função de um node de secundário para controle

    Esta etapa é necessária caso a função do node Control tenha sido atribuída temporariamente a um node diferente.

  6. Verificação da disponibilidade e integridade de todos os nodes do cluster

    É possível visualizar os status dos nodes do cluster na interface da Web do node de controle.

  7. Ativando o processamento de tráfego de e-mail no node

    Ative o processamento do tráfego de e-mail em nodes do cluster com novos endereços, um após o outro. Certifique-se de que o tráfego está sendo processado sem erros.

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.