Kaspersky Endpoint Security 12 for Windows

Gerenciamento do BitLocker

8 de julho de 2024

ID 196002

O BitLocker é uma tecnologia de criptografia incorporada nos sistemas operacionais Windows. O Kaspersky Endpoint Security permite controlar e gerenciar o Bitlocker usando o Kaspersky Security Center. O BitLocker criptografa volumes lógicos. O BitLocker não pode ser usado para criptografia de unidades removíveis. Para obter detalhes sobre o BitLocker, consulte a documentação da Microsoft.

O BitLocker fornece armazenamento seguro de chaves de acesso usando um módulo de plataforma confiável. Um Módulo de plataforma confiável (TPM) é um microchip desenvolvido para fornecer funções básicas relacionadas à segurança (por exemplo, guardar chaves de criptografia). Um Módulo de plataforma confiável geralmente é instalado na placa-mãe do computador e interage com todos os outros componentes do sistema através do barramento de hardware. O uso do TPM é a maneira mais segura de armazenar chaves de acesso do BitLocker, pois o TPM fornece verificação de integridade do sistema antes da inicialização. Você ainda pode criptografar unidades em um computador sem um TPM. Nesse caso, a chave de acesso será criptografada com uma senha. O BitLocker usa os seguintes métodos de autenticação:

  • TPM.
  • TPM e PIN.
  • Senha.

Após criptografar uma unidade, o BitLocker cria uma chave principal. O Kaspersky Endpoint Security envia a chave principal ao Kaspersky Security Center para que você possa restaurar o acesso ao disco, por exemplo, se um usuário esquecer a senha.

Se um usuário criptografar um disco usando o BitLocker, o Kaspersky Endpoint Security enviará informações sobre criptografia de disco ao Kaspersky Security Center. No entanto, o Kaspersky Endpoint Security não enviará a chave principal para o Kaspersky Security Center, portanto, será impossível restaurar o acesso ao disco usando o Kaspersky Security Center. Para que o BitLocker funcione corretamente com o Kaspersky Security Center, descriptografe e criptografe novamente a unidade utilizando uma política. Você pode descriptografar uma unidade localmente ou usando uma política.

Após criptografar o disco rígido do sistema, o usuário precisa passar pela autenticação do BitLocker para inicializar o sistema operacional. Após o procedimento de autenticação, o BitLocker permitirá que os usuários façam logon. O BitLocker não oferece suporte à tecnologia de login único (SSO).

Se você estiver usando políticas de grupo do Windows, desative o gerenciamento do BitLocker nas configurações de política. As configurações de política do Windows podem entrar em conflito com as configurações de política do Kaspersky Endpoint Security. Ao criptografar uma unidade, podem ocorrer erros.

Nesta seção

Iniciar Criptografia de Unidade de Disco BitLocker

Descriptografando um disco rígido protegido pelo BitLocker

Restauração do acesso a uma unidade protegida pelo BitLocker

Pausa da proteção do BitLocker para atualizar o software

Este artigo foi útil?
O que podemos melhorar?
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.
Agradecemos o seu comentário! Ele nos ajuda a melhorar.